Ultima atualização: 26 de abril de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

20Horas investidas

7Estudos avaliados

70Comentários coletados

Bem-vindo ao Sweetest Home, leia um completo Guia de Compras sobre serra elétrica. Existem diferentes modelos. Ao escolher a melhor opção os troncos grossos jamais serão um problema no dia a dia de trabalho.

Portáteis, grandes, médias, pequenas, potentes, enfim, existem muitas características em cada versão. Ao considerar a ampla quantidade de critérios técnicos você não pode abrir mão da leitura deste texto para aprender mais sobre o assunto.

Realmente, não adianta muito você comprar a melhor lâmina do mundo quando a serra elétrica deixa de oferecer uma potência correspondente. Esta ferramenta tem preços elevados, mas ao desvendar alguns segredos você pode até economizar.

Primeiro, o mais importante

  • Existem 6 tipos principais de serra elétrica. Escolha uma versão de acordo com o tipo de material a ser serrado.
  • Serra elétrica não é motosserra.
  • Esta ferramenta corta madeiras e outros materiais rígidos.

Ranking: Os 4 melhores modelos de serra elétrica

Você quer montar uma marcenaria? Deseja a serra elétrica apenas aos trabalhos por hobby? Independente da sua motivação escolha uma das produções mais confiáveis. São elas:

1° - Serra elétrica mármore Makita

Com potência de 1.300 W a serra elétrica Makita é para você cortar em até 90 graus facilmente. A produção serve para discos de 4.3/8 polegadas.

A motorização da serra mármore Makita alcança 13.800 rpm. É uma edição ergonômica que se ajusta a diferentes tipos de mão sem dificuldades.

2° - Serra elétrica bancada Stanley

A produção é adaptada para facilitar as vidas dos operadores. Corte fácil com este modelo graças à potência de 1.800 W no motor. Há mecanismo para inclinar ou ajustar a profundidade, tornando os serviços mais flexíveis.

Este aparelho de 27 quilos e 110 volts já vem com as serras de corte. Destaque ao guia de corte que fornece mais segurança em cada operação ao usar a máquina elétrica.

3° - Serra mármore Bosch

Naturalmente, a melhor marca de ferramentas elétricas do mundo se destaca na produção de serras movidas por eletricidade. Nos mais diferentes ângulos a ferramenta facilita os cortes.

Poucas serras se equivalem em potência ao modelo Bosch que trabalha com 12.200 RPM de torque e potência de 1500 W. Edição com um design moderno de tom azulado.

4° - Serra tico-tico Black & Decker

Corte em ângulos de até 45 graus utilizando a serra elétrica B&D quem vem com lâminas e um estojo de proteção para você transportar o modelo seguramente. A versão de 550 W trabalha em baixos níveis de ruídos, aliviando os ouvidos dos operadores.

Conhecida como uma serra multiuso. Fibra de vidro, metal, alumínio ou madeiras são serrados com esta ferramenta elétrica.

Guia de Compra

Um corte perfeito na madeira depende de três fatores: a perícia do marceneiro, a qualidade da serra elétrica e o tipo de serviço. Estudar para usar a produção da forma correta é uma obrigação.

O site Sweetest Home indicará para você as informações que ajudam os compradores experientes ou amadores. Continue lendo:

Um homem usa uma serra elétrica de fita.

Descubra como comprar a serra elétrica conforme as necessidades dos seus serviços (Fonte: skeeze / Pixabay.com)

O que é uma serra elétrica?

O significado da serra elétrica está claro no próprio nome do produto, uma serra que funciona com eletricidade. A ferramenta é popular para cortes de madeira, mas também pode ser usada para cortar fibra de vidro, acrílico, alumínio, metal, entre outros materiais.

Os cortes da serra elétrica acontecem de modo reto ou curvo. Você pode cortar em um ângulo que vai de 0 a até 90 graus ou mais, conforme o modelo. As lâminas de cortes se desgastam rápido e devem ser trocadas após certo tempo de uso.

Uma serra elétrica tico-tico da marca Black & Decker.

Modelos mais modernos de serra elétrica possuem baixo nível de vibração (Fonte: Paul Jantz / 123rf.com)

Quais são os principais tipos de serra elétrica?

Agora você vai conhecer a definição dos 6 principais formatos de serra elétrica que mais fazem sucesso entre amadores e profissionais:

  • Serra fita: Cortes retos ou irregulares podem ser feitos com esta ferramenta elétrica grande. É um dos modelos mais versáteis, indicada para materiais espessos, difíceis de serem manipulados por outras máquinas.
  • Serra policorte: Tubos, perfilados, aços, alumínios, enfim, diversos materiais robustos podem ser serrados por este aparelho de porte médio e preços elevados.
  • Serra circular: Perfeita ao corte reto e rápido nas madeiras. Também funciona em outros materiais, dependendo da lâmina. Produto com menos rotação e mais tamanho de disco se comparar com a serra mármore, embora seja parecido na estética. Veja como usar a serra circular:
  • Serra meia esquadria: Popular no uso de marcenaria, construções ou reformas de apartamentos. A grande parte das versões corta apenas madeira, embora existam edições de potência para cortar alumínio, vinil ou plástico.
  • Serra mármore: É uma máquina que pode furar até pedras pela potência do motor. Os discos que devem ser utilizados possuem uma estrutura diamantada. Em alguns cortes pontuais dá para usar a produção nas madeiras.
  • Serra tico-tico: É uma escolha que pode fazer diferentes tipos de cortes minuciosos nos mais diversos materiais, tida como a opção mais diversificada para cortar.

A tabela abaixo resume as diferenças das serras elétricas:

Cortes Tamanho Materiais
Serra fita Diversos Grande Diversos
Serra policorte Diversos Médio Diversos, menos madeira
Serra Meia Esquadria Cortes em diferentes ângulos de 45° a 90° Médio Madeira e outros materiais
Serra circular Retos Pode ir de pequeno a médio Madeira e outros materiais
Serra mármore Retos Pode ir de pequeno a médio Pedras, pisos, tijolos, parede e azulejos
Serra tico-tico Em curvas ou retos Pequeno Azulejos, pisos, metal, plástico ou madeira

Quais são as vantagens de ter uma serra elétrica?

Corte diferentes materiais, independente de tamanho ou rigidez, com uso das melhores serras elétricas. Você consegue cortar de maneira reta ou em curva, nos tamanhos grandes e pequenos, detalhadamente.

Os modelos atuais possuem uma estrutura cada vez mais ergonômica e oferecem segurança aos operadores. Contudo, é preciso ter certo saber técnico no sentido de usar a ferramenta elétrica corretamente. Analise mais prós e contras:

Vantagens
  • Cortes em diferentes ângulos
  • Cortes curvos ou retos
  • Ergonômico
  • Corte de madeira e outros materiais
  • Fácil de encontrar no mercado
  • Bivolt
Desvantagens
  • Conhecimento técnico para a utilização
  • Precisa de fonte de energia para funcionar
  • Caro

Qual é a diferença entre serra elétrica e motosserra?

Você está no seu sítio, precisa cortar um material duro e não sabe qual ferramenta selecionar? Calma, agora aprenda as diferenças entre a serra elétrica e a motosserra.

Serra elétrica: É uma produção mais fácil de ser usada que funciona com bateria ou conexão na tomada. A edição oferece leveza e pode ser consertada de forma simples em casos de defeitos.

Motosserra: Escolha mais pesada que funciona com um motor de potência superior. Vale a pena usar o produto se você está em locais sem energia elétrica.

Um homem usa uma serra elétrica para cortar uma tábua de madeira enquanto outro homem observa o trabalho de perto.

A profundidade de corte de determinada serra circular precisa ser maior que a espessura do material que será cortado. (Fonte: skeeze / Pixabay)

Quanto custa?

Uma serra elétrica custa mais caro na medida que possui potência superior. Um produto potente que já vem com discos diamantados custa preços superiores. Modelos de marcas famosas são confiáveis, embora custem valores elevados.

Veja a média de preço conforme o tipo de serra elétrica:

  • Serra fita: Pode ir de R$ 500 a até R$ 2.500.
  • Serra tico-tico: Pode ir de R$ 600 a até R$ 1.700.
  • Serra meia esquadra: Pode ir de R$ 400 a até R$ 2.500.
  • Serra circular: Pode ir de R$ 200 a até R$ 1.700.
  • Serra mármore: Pode ir de R$ 200 a até R$ 1.500.
  • Serra elétrica policorte: Pode ir de R$ 200 a até R$ 1.500.

Onde comprar?

Você pode encontrar serras elétricas nas lojas de construções mais populares. Visite pontos comerciais como: C&C ou Leroy Merlin. Encontre certas versões de preços baixos e menos potentes nas Lojas Americanas.

Online você paga mais barato e não precisa se preocupar em transportar o produto, tendo que dirigir até à loja, gastando gasolina. Alguns sites confiáveis para fazer sua compra: Amazon Brasil, Polishop e Submarino.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de serra elétrica

Um trabalho limpo, rápido e elogiável é o objetivo que pode ser concluído se você usar as ferramentas de qualidade superior. Para não pagar preços abusivos por produções medianas veja como comparar os modelos conforme pontos específicos:

  • Potência
  • Ergonomia
  • Lâmina
  • Recursos especiais

Entenda mais abaixo o que significa cada critério de comparação das ofertas:

Potência

Você pode encontrar serras elétricas com potência que pode ir de 500 a até 2000 W, no limite de 20.000 RPM (rotações por minuto).

Para cortar estruturas mais leves como MDF, por exemplo, você deve evitar o uso de uma furadeira muito potente, principalmente se não existir um controlador de potência. Isto porque a estrutura pode ter a base rachada pela potencialidade da ferramenta.

No caso de cortar estruturas mais rígidas é recomendável usar as serras elétricas potentes, do contrário o aparelho pode até quebrar.

Um homem com uma serra elétrica circular em uma das mãos. Ele veste um macacão azul, óculos de proteção e uma camiseta amarela. Ele aponta o dedo indicador da mão sem a serra.

Ao economizar na compra de serra elétrica com qualidade sobra mais dinheiro para investir nos materiais da obra (Fonte: Elnur Amikishiyev / 123rf.com)

Ergonomia

Peso, design, pegadores, enfim, diversos aspectos da serra elétrica devem ser analisados para saber se a estrutura é ergonômica. Isto representa um critério importante, principalmente quando você trabalha por diversas horas seguidas.

Os modelos mais baratos podem ser muito pesados e oferecem uma baixa potência, o que por consequência exige mais esforço na aplicação, aumentando as chances de acontecerem acidentes no ambiente de trabalho.

Já as versões modernas possuem pegadores robustos e são leves, além de oferecem mais potência, elevando também a segurança nos serviços.

Lâmina

Alguns vendedores na expectativa de vender mais produtos do que os concorrentes do mercado oferecem as serras elétricas acompanhadas por dezenas de lâminas – o que gera bastante economia no final das contas aos compradores.

Outras vezes, a oferta não acompanha nenhuma lâmina, algo ruim se você deseja usar o produto assim que ele chegar na sua oficina. Normalmente as versões vêm com duas lâminas.

Recursos especiais

Quanto mais recursos especiais melhor é considerado o produto – esta regra também vale para a grande parte das ofertas de serra elétrica.

Um exemplo é o sistema de sopro, que retira o pó do caminho e faz com que você não perca tempo assoprando para ver os buracos. Também existem versões de serra elétrica com trava de segurança, regulagem de potência e sistema de baixas vibrações.

(Fonte da imagem destacada: schan / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?