Ultima atualização: 26 de abril de 2020

Como escolhemos

8Produtos analisados

21Horas investidas

4Estudos avaliados

71Comentários coletados

Bem-vindo ao Sweetest Home! Se você trabalha com marcenaria, carpintaria ou tem simplesmente o manuseio de peças de madeira como hobby, sabe a importância de contar com ferramentas confiáveis e de boa procedência. Não há dúvidas de que uma ótima escolha para seu arsenal é uma serra circular Bosch!

A serra circular Bosch leva o nome dessa marca tradicionalíssima com mais de 50 anos no Brasil. E, claro, há modelos especiais, capazes de agradar a várias necessidades diferentes. Preparamos um guia completo, no qual iremos apresentar todas as vantagens e diferenciais dessas ótimas ferramentas!

Primeiro, o mais importante

  • A linha de serras circulares da Bosch é de excepcional qualidade. Cada modelo tem uma característica especial que ajuda a um público específico no uso da ferramenta.
  • A Bosch produz não apenas serras circulares manuais, mas também de bancada. Assim, quem tem um espaço pronto para trabalhar pode instalar a ferramenta e usá-la com muito conforto.
  • Preste atenção na compatibilidade das serras circulares Bosch com os discos de corte que serão usados e na capacidade de corte do modelo escolhido.

As melhores serras circulares Bosch: Nossas escolhas

Dentre as serras circulares Bosch mais vendidas, há modelos capazes de agradar diferentes tipos de profissionais. Nós facilitamos a sua escolha e te apresentamos abaixo alguns dos mais essenciais!

A serra top da linha

A GKS 235 é o topo da linha das serras circulares Bosch. Apresenta o motor mais potente, com 1700 W e 5300 rotações por minuto, uma base inclinável até 48º e um sistema otimizado que ajuda na eliminação de cavacos. Essa é uma ferramenta indicada para profissionais exigentes e que valorizam a qualidade final do trabalho.

A serra para quem busca precisão

Se você procura precisão nos cortes e bom acabamento, a GKS 65 é ideal. Com apenas 4,1 kg, ela é a mais leve de categoria, proporcionando mais conforto em seu uso e, principalmente, facilidade de manuseio. Isso sem deixar a desejar na potência, que é de 1600 W. É ideal para uso em oficinas, marcenarias e até mesmo como hobby.

A melhor serra circular de bancada

O que você procura é uma serra circular de bancada capaz de realizar todas as demandas de sua oficina ou marcenaria? A Bosch te oferece a GTS 10, com diâmetro de disco de 254 mm e capacidade de corte máxima de 460 mm. Ela é indicada para vários tipos de madeira e tem espaço para armazenamento de seus próprios acessórios!

Guia de compra

Você sabe como escolher a melhor serra circular Bosch para as suas necessidades? Preparamos um guia de compra cheio de informações valiosas, capazes de te levar a adquirir o modelo ideal!

Fique conosco nas próximas linhas e descubra tudo sobre essa ótima ferramenta da Bosch!

Imagem mostra um homem usando uma serra circular de bancada.

As serras circulares Bosch de bancada também têm excelente qualidade. (Fonte: Alina Koteneva/ 123rf.com)

O que diferencia as serras circulares Bosch?

Quando falamos em ferramentas, não há dúvidas de que a Bosch é uma marca de referência. Ela faz há décadas modelos duráveis, resistentes e ergonômicos, possibilitando muito conforto e eficiência não só para profissionais, como também para quem faz apenas trabalhos domésticos.

Com as serras circulares, a situação não é diferente. A Bosch sabe exatamente o que seu público quer. Cada modelo lançado visa atender aos desejos de uma parcela dos consumidores.

A linha de serra circulares manuais da Bosch conta com seis modelos e todos se destacam por algum motivo. Por exemplo, o GKS 235 é o mais potente da categoria, o GKS 67 é o mais leve e o GKS 150 é o de melhor desempenho.

Não há nada genérico nas serras circulares da Bosch: Se um modelo foi lançado no mercado, ele se destaca em alguma categoria específica e é perfeito para uma parcela dos usuários da ferramenta!

foco

Você sabia que a serra circular é uma ferramenta que pede por equipamentos de proteção individual? Além de contar com um disco de corte funcionando em alta rotação, ela produz um ruído extremo e pode soltar lascas em várias direções.

Ao usar a sua serra circular Bosch, não se esqueça do óculos de proteção, do protetor auricular, das luvas e das botas de segurança. Além disso, use mangas longas e calça!

Quais as vantagens das serras circulares Bosch?

Ao comprar uma serra circular Bosch, você já tem a vantagem evidente de contar com toda a confiança histórica em uma marca que é referência em seu nicho. A segurança, a durabilidade e a tecnologia são inegáveis.

A Bosch tem uma extensa rede de assistência técnica pelo Brasil.

Mas não é só isso que o nome Bosch traz: Com ele, você tem acesso a uma extensa rede de assistência técnica e suporte. A marca tem oficinas autorizadas em todo o território brasileiro, tornando a manutenção muito mais fácil. As peças também são fáceis de serem encontradas.

Você não ficará preso a uma única ferramenta que não supre as suas necessidades: Como mencionamos acima, é possível escolher entre vários modelos, cada um indicado para um tipo de público. A Bosch tem a ferramenta ideal para marceneiros, carpinteiros e para quem lida com madeira apenas por hobby!

A única desvantagem das serras circulares Bosch é que os preços são um pouco elevados em relação à concorrência. Porém, é justo pagar um pouco mais por tamanha qualidade!

Veja na tabela abaixo as principais vantagens e desvantagens da serra circular Bosch:

Vantagens
  • Durabilidade, segurança e tecnologia garantidas pela Bosch
  • Ampla rede de assistência técnica pelo Brasil
  • Versatilidade de ferramentas: Uma para cada necessidade
  • Recursos especiais exclusivos das ferramentas Bosch
Desvantagens
  • Preços um pouco elevados em relação à concorrência

Serra circular Bosch manual ou de bancada?

A Bosch produz tanto serras circulares manuais, como de bancada. A escolha do tipo ideal é mais simples do que parece.

A serra circular manual é usada em qualquer lugar, e operada pelas mãos do usuário. A de bancada, por sua vez, fica fixa a uma mesa, normalmente exigindo um estúdio ou lugar específico dentro da marcenaria para ela.

Ao escolher uma serra circular Bosch de bancada, é preciso ter o espaço necessário para ela. Além disso, ela é mais indicada para trabalhos em madeiras pequenas e delicadas, já que não há a mesma liberdade de uso que com um modelo manual.

Por sua vez, a serra circular Bosch manual é um pouco menos segura, já que não está fixa a uma mesa, é mais indicada para madeiras maiores e tem a grande vantagem de poder ser transportada para qualquer lugar.

Montamos uma tabela comparando os dois tipos:

Serra circular Bosch manual Serra circular Bosch de bancada
Forma de manuseio Controle manual da ferramenta Ferramenta fica fixa a uma mesa
Vantagens Liberdade de uso em qualquer lugar, melhor para madeiras maiores Ótima para trabalho em um lugar fixo, melhor para madeiras menores
Indicações de uso Pessoas que usam a ferramenta em diversos lugares, precisando de mobilidade Pessoas que têm um lugar específico para usar a ferramenta

Quais os recursos especiais das serras circulares Bosch?

A Bosch usa em sua linha de serras circulares manuais uma série de recursos que ajudam bastante o manuseio, tornando-o mais prático e mais seguro.

Além disso, temos que ressaltar que existe um modelo, o GKS18V-57, que funciona a bateria. Assim, é possível transportar a sua serra circular para todos os lugares, acabando com a dependência da rede elétrica para fazer um serviço.

Os recursos especiais da Bosch estão presentes em todos os seis modelos de serra circular manual, incluindo o GKS18V-57. Listamos abaixo os principais:

  • Heavy Duty: É um selo que indica que a ferramenta é indicada para trabalho pesado e profissional. Significa que a ferramenta conta com alta potência, durabilidade e desempenho.
  • Intelligent Break System: O sistema de freio das serras circulares Bosch é especial. Garante uma parada muito mais rápida caso algo estranho aconteça, diminuindo muito as chances de um acidente.
  • Spindle Block: É um sistema que ajuda na troca do disco de corte. Funciona de maneira similar a um mandril de aperto rápido de uma furadeira, dando agilidade e velocidade à ferramenta.
  • Double Insulation: Para evitar choques ou acidentes com a rede elétrica, as serras circulares Bosch contam com isolamento reforçado em torno das partes com tensão.

Com todas essas tecnologias e recursos, a Bosch facilita a sua vida e aumenta a sua segurança!

Quanto custa e onde comprar uma serra circular Bosch?

Os preços das serras circulares manuais Bosch variam entre R$ 400 e R$ 1.100. Tudo depende do modelo: O mais simples já é de muita qualidade. O maior preço é o do GKS18V-57 devido ao funcionamento a bateria.

Uma serra circular de bancada Bosch, por sua vez, varia entre R$ 1.500 e R$ 3.000.

Lojas de ferramentas e artigos para marcenaria são ótimas pedidas para comprar a sua serra circular Bosch. Considere também a possibilidade de comprar online: A Amazon brasileira conta com a linha completa. Não deixe de visitar Mercado Livre e Amazon internacional.

Critérios de compra: Fatores de atenção ao comprar uma serra circular Bosch

Chegamos no setor do texto no qual discutimos critérios técnicos importantes para diferenciar os modelos. Separamos quatro:

Abaixo, entraremos em detalhes sobre cada um deles.

Potência

A medida de potência das serras circulares Bosch é feita em W (Watts) para as ferramentas e em V (Volts) para o modelo a bateria. A importância está relacionada com o quão pesados serão os trabalhos que a ferramenta precisa realizar.

Uma serra circular com potência maior realizará cortes mais profundos de maneira mais rápida e eficaz. Portanto, se o seu uso será apenas para hobby ou em pedaços pequenos de madeira, é possível tranquilamente escolher um modelo de potência baixa.

Imagem mostra uma serra circular em ação e pequenas raspas de madeira no ar.

Quanto mais potente for a serra circular, mais velocidade ela terá com trabalhos pesados. (Fonte: 15299/ Pixabay.com)

Diâmetro do disco

Para funcionar de maneira adequada, a serra circular usa um disco de corte. É ele que entra em contato com a madeira para cortá-la e dar os acabamentos desejados. Assim como ocorre em outras ferramentas, é possível trocá-lo sempre que for necessário.

Cada serra circular tem um diâmetro de disco suportado e você deve prestar atenção nessa especificação. Caso contrário, pode eventualmente comprar acessórios que não são compatíveis.

Apenas como exemplo, a GKS 150 usa discos ¼'' (184 mm). Portanto, é essa a medida dos acessórios que devem ser usados com ela.

Capacidade de corte

As serras circulares Bosch podem ser usadas em diferentes ângulos. Essa versatilidade garante que cortes diferentes possam ser feitos. Porém, em cada posição existe uma capacidade de corte específica, que é medida em milímetros.

A capacidade de corte indica o quanto a serra circular consegue penetrar na madeira.

Capacidade de corte é a profundidade que a serra circular consegue penetrar na madeira. Se a peça for mais grossa do que a medida alcançada, não será possível cortá-la por completo.

Um exemplo é uma ferramenta que tenha capacidade de corte de 65 mm a 90º e 45 mm a 45º. Isso significa que, dependendo do ângulo de uso, é possível penetrar bem mais na madeira. Conhecer essa especificação te ajuda até mesmo a fazer seu trabalho com mais eficiência.

Ergonomia e peso

A serra circular manual é uma ferramenta cujo peso varia entre 4 e 5 kg. Durante o uso, esse peso estará principalmente nos seus braços, o que pode tornar o uso não tão confortável.

Uma marca como a Bosch sempre presta atenção nessas questões e tenta fazer de suas ferramentas o mais ergonômicas e confortáveis possíveis. Existem modelos cujo principal diferencial é justamente a ergonomia proporcionada. Caso essa seja uma questão primordial para a sua aquisição, opte por um deles!

(Fonte da imagem destacada: schan/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.