Ultima atualização: 26 de abril de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

13Horas investidas

2Estudos avaliados

43Comentários coletados

Fresco, mussarela, parmesão... os queijos são uma paixão dos brasileiros e não é à toa que existem diversos produtos que servem para melhorar ainda mais a sua degustação e acondicionamento. Um exemplo disso é a queijeira, item do qual vamos falar hoje aqui no Sweetest Home. Seja bem-vindo!

Disponível em versões tanto para queijos ralados, quanto em pedaços, as queijeiras são uma ótima forma de guardar esse produto da maneira correta, visando aumentar a sua durabilidade.

E se você é um apreciador desse alimento e está buscando por um produto desses, saiba que acaba de chegar no lugar certo. Nesse texto reunimos tudo o que há de mais importante sobre a queijeira, e ao final da leitura você saberá exatamente qual escolher. Então continue com a gente a vamos lá!

Primeiro, o mais importante

  • As queijeiras são produzidas em diversos materiais como inox, vidro e plástico, e cada um deles possui seus pontos negativos e positivos.
  • Existem modelos de queijeiras para peças de queijo e também para queijo ralados.
  • Todos os queijos após abertos devem ser guardados dentro da geladeira, e a queijeira é uma ótima opção porque os mantém bem vedados.

As melhores opções de queijeiras do mercado

As queijeiras precisam acondicionar corretamente os queijos para que eles não estraguem antes do prazo. Por isso, é essencial optar por um modelo que seja de qualidade e funcional. Sabendo disso, fomos em busca das melhores opções do mercado e te mostramos todas elas abaixo. Confira:

A queijeira mais funcional

Fabricada em polipropileno livre de BPA, essa queijeira possui um fechamento com rosca e é ideal para acondicionar os mais diversos tipos de queijo, mantendo as suas características e durabilidade.

Ela conta com uma alça que facilita a sua portabilidade, tem tampa transparente e detalhes na cor amêndoa. Além disso, é fácil de limpar e possui 20,8 centímetros de diâmetro e 8,8 centímetros de altura.

A opção mais moderna

Contendo duas peças, essa queijeira é ideal para queijos do tipo minas e ricota e é confeccionada com base em aço inox e tampa em acrílico, que permitem o correto acondicionamento do alimento.

Com 16,5 centímetros de diâmetro, a queijeira não tem poros no seu aço inox, o que faz com que os sabores não sejam alterados e seu design é simples, porém muito elegante, agregando na composição da mesa.

A opção para queijo ralado

Desenvolvida para acondicionar queijos ralados, essa queijeira é fabricada em aço inox com tampa em plástico transparente e também pode ser utilizada para guardar temperos e ingredientes em pó que serão polvilhados.

Ela possui 10 centímetros de altura e 7 centímetros de diâmetro, é muito fácil de limpar e não enferruja, além de ser básica e muito brilhante.

A opção de queijeira mais resistente

Confeccionada com copo de vidro e tampa em aço inox, essa queijeira é muito resistente e possui excelente durabilidade.

Esse modelo, voltado para queijos ralados, conta ainda com uma sobretampa em plástico para garantir o melhor armazenamento do alimento e pode ser também utilizada para oréganos, tendo 150 ml.

Guia de Compra

Muito funcionais e práticas, as queijeiras além de serem um produto que irá garantir uma melhor conservação dos seus queijos, ainda podem servir como uma peça decorativa, deixando a mesa muito mais bonita.

Ela pode ser encontrada em diversas versões, em plástico, vidro e até mesmo bambu. E se você está em dúvidas se vale a pena investir em uma dessas e quanto custa esse produto, basta ler esse guia de compra, onde vamos responder a todas as suas perguntas.

Na foto uma mulher com duas meninas ralando queijos dentro de uma cozinha.

As queijeiras não servem somente para guardar queijos em pedaços, existem modelos que são também específicos para queijo ralado. (Fonte: Mark Bowden / 123rf)

O que é uma queijeira?

A queijeira é um produto simples, porém muito útil, que deve estar presente na casa de todas as pessoas que não abrem mão de um bom queijo.

Elas funcionam como recipientes de acondicionamento desse tipo de alimento e mantêm suas características principais. Como não é exposto ao ar, o queijo acaba durando por muito mais tempo.

Existem diversas opções de queijeira, e elas podem ser guardadas tanto na geladeira como fora dela, e facilitam o dia a dia de quem consome esse produto.

Quais as vantagens e desvantagens de uma queijeira?

A principal vantagem de uma queijeira está relacionada ao fato de que ela foi desenvolvida especificamente para acondicionar esse tipo de produto. Logo, é a melhor opção para guardar queijos, e faz com que a durabilidade dos alimentos seja maior.
A queijeira faz com que o alimento dure mais.

Além disso, esse é um item que pode ser encontrado em diversos modelos e tamanhos, adequando-se assim a todos os tipos de queijos e espaços. Vale também destacar que há opções muito bonitas visualmente e assim elas ajudam a compor a mesa.

O ponto negativo está mais relacionado aos modelos de plástico, que dependendo do tipo de queijo que será guardado neles, pode acabar ficando com o cheiro muito forte impregnado.

Vantagens
  • Acondiciona corretamente os queijos
  • Melhora a durabilidade deles
  • Existe em diversos modelos e tamanhos
  • Pode agregar na decoração da mesa
Desvantagens
  • Modelos de plástico podem ficar com cheiro forte

Como acondicionar corretamente os queijos na queijeira?

Independente do tipo de queijo escolhido, a queijeira é uma ferramenta muito útil e nela é possível guardá-los de diversas maneiras e em variados lugares.

Por isso, vale saber que qualquer tipo de queijo que for aberto deve ser mantido refrigerado, mesmo aquele que, quando adquiridos, não estavam em geladeiras.

Na foto uma tábua com diversos tipos de queijo e uvas verdes.

Cada tipo de queijo tem uma maneira de ser acondicionado e é importante seguir as recomendações para que o produto dure e se mantenha saboroso. (Fonte: HNBS / Pixabay)

Assim, todos os tipos de queijo, sejam eles secos, frescos ou amarelados como ricota, muçarela, queijo prato, parmesão, provolone e muitos outros devem sempre ficar refrigerados e guardados dentro da queijeira de forma que ela fique fechada e não os deixe expostos.

Vale destacar os queijos brie e camembert, que mesmo quando colocados na queijeira, devem ser mantidos em sua embalagem original, pois ela os mantém com as suas características originais.

Também vale lembrar que os queijos mofados, como o gorgonzola, também precisam ficar na geladeira, mas nunca descobertos, já que seu odor forte pode contaminar os outros produtos do refrigerador.

foco

É sempre importante lembrar que a casca dos queijos serve como uma proteção para eles, e o indicado é não retira-las até o consumo. Além disso, os queijos minas frescal e o branco, que são os que possuem menos gordura, são os que estragam mais facilmente e após abertos duram cerca de três dias apenas.

Quanto custa uma queijeira?

É possível encontrar queijeiras com diversos valores, e isso está diretamente relacionado ao material em que ela é confeccionada, sendo que os modelos de plásticos são os que possuem preço mais em conta.

Dessa forma, o valor mínimo desse produto é por volta de R$ 10, podendo chegar até cerca de R$ 240 se falarmos dos modelos de vidro mais trabalhados.

Onde comprar uma queijeira?

A queijeira pode ser encontrada em diversas lojas que comercializam produtos de cozinha, sendo que as opções em vidro, plástico e inox são as mais vendidas. Dessa forma, em lojas como Preçolândia, Extra, Carrefour e Camicado é possível adquiri-las.

Outro bom lugar para comprar esse produto é nas lojas online, pois nelas existe uma grande variedade de modelos e é possível inclusive encontrar os mais diferenciados. Alguns sites onde elas são vendidas são o Amazon, Mercado Livre e Americanas.

Além disso, caso você não saiba os modelos que estão no nosso ranking também podem ser comprados e para isso basta clicar no seu favorito que você será direcionado ao site onde ele está à venda.

Critérios de compra: Fatores para comparar as opções de queijeiras

Se você chegou até aqui decidido a adquirir uma queijeira saiba que existem diversos pontos que devem ser levados em consideração antes de tomar uma decisão e abaixo você encontra todos eles:

  • Tamanho
  • Modelo
  • Material
  • Detalhes

Agora, detalharemos cada um para que você faça a melhor escolha.

Tamanho

Conforme te dissemos existem queijeiras de diversos tamanhos e uma das primeiras coisas a se analisar antes de adquirir a sua é o tipo de queijo que está acostumado a comprar.

Como se sabe, os queijos são vendidos em peças de variados tamanhos e por isso é importante comprar uma queijeira que consiga se adaptar a praticamente todos os que você costuma consumir, assim o produto será mais versátil.

Lembre-se que isso vale também para os ralados e nesse caso o parâmetro deve ser o tamanho do saquinho ou embalagem que normalmente se compra.

 Na foto uma tábua com queijos e algumas taças de vinho.

É essencial analisar qual o tamanho médio dos queijos que se compra para adquirir uma queijeira que possa ser usada com praticamente todos eles. (Fonte: squeeze / Pixabay)

Material

As queijeiras são fabricadas em diversos materiais, sendo que os mais comuns são o vidro, inox e plástico. Qual deles escolher vai do gosto e também das especificações dessa matéria-prima.

As opções em inox têm como principais pontos positivos a sua excelente durabilidade e o fato de não agregarem sabor ao alimento que armazenam. Além disso, elas são brilhantes e podem dar um toque diferenciado a mesa, mesmo sem chamar muito a atenção.

Os modelos em vidro são clássicos e existem diversas opções trabalhadas que são verdadeiras peças de decoração. Eles também não agregam sabor aos alimentos e são fáceis de limpar, porém deve-se tomar cuidado com quedas e choques mecânicos.

Por outro lado estão as opções em plástico, que são as mais baratas. Esse tipo de queijeira conta com boa durabilidade, porém deve-se tomar cuidado porque pode dar gosto no queijo. E para quem gosta de algo mais rústico vale saber que existem ainda os modelos em bambu combinam bastante com esse estilo.

Modelo

Outro ponto importante a ser analisado é o modelo da sua queijeira e nesse sentido existem opções que são voltadas para peças inteiras e outras para queijos relados.

Por isso, o ideal se você consome esses dois tipos é comprar um de cada, porém, se a sua escolha é mais pelos ralados, então a queijeira para peças acaba se tornando menos viável.

Portanto, é essencial verificar qual é a sua preferência para que não se adquira um produto que será pouco utilizado e fique guardado no armário apenas ocupando espaço.

 Na foto um prato com queijo ralado, uma peça de queijo e um ralador.

Quem costuma consumir mais queijos ralados e praticamente não os compra em peças deve dar preferência para modelos de queijeira que sejam específicos para isso. (Fonte: Mykhailo Lukashuk / 123rf)

Detalhes

Vale a pena analisar também o design da queijeira e nesse sentido existem as lisas e as decoradas e isso está diretamente relacionado ao tipo de peça que se deseja.

Se a busca é por algo mais simples, as lisas são boas opções, porém quem quer uma queijeira mais decorativa pode adquirir os modelos que são repletos de desenhos e até mesmo as estampadas. Com isso, se você gosta de montar mesas mais bonitas e elegantes essas podem ser uma ótima opção.

Existem também modelos para queijo ralado.

Pensando em funcionalidade, vale saber que existem modelos para queijo ralado que tem um ou dois tamanhos de aberturas e esse é um detalhe que pode fazer a diferença dependendo do tipo de ralador que se utiliza. Logo, não se esqueça de prestar atenção nisso!

(Fonte da imagem destacada: magone / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.