Ultima atualização: 26 de abril de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

45Comentários coletados

Bem-vindo ao Sweetest Home para ler um manual que ensina qualquer pessoa interessada a escolher machado. Há tantas versões diferentes da ferramenta que é recomendado ler todas as informações do Guia de Compras a seguir.

Já pensou se você comprar um machado que não atende as suas expectativas no campo? Isto acontece com mais frequência do que as pessoas podem imaginar. Mas calma, após realizar a leitura deste artigo tal problema não acontecerá com você.

Aqui você encontrar os principais tipos de machado e todas as informações relevantes para acertar no alvo na hora da compra.

Primeiro, o mais importante

  • Machados grandes são para cortar troncos de madeira ou outros objetos duros e grandes.
  • Machados médios hoje em dia servem mais para trabalhos de salvamentos de bombeiros. Eles possuem como característica uma engenharia capaz de atravessar portas ou paredes.
  • Já o machado pequeno é a ferramenta ideal para acampamentos por ser compacta e leve.

Melhores modelos de machado: Nossas recomendações

Conhecer as melhores versões de machados no mercado mundial é ao mesmo tempo saber quais pontos técnicos são importantes. Fique de olho na lista a seguir e aprenda informações relevantes para consumidores conscientes:

O melhor machado para troncos e galhos

Ideal para cortar troncos e galhos, o machado de fibra de vidro da Black Jack é um dos mais bem avaliados na internet. Seu cabo tem empunhadura emborrachada e sua lâmina tem uma afiação acima da média. Pesando 600 gramas, outro diferencial do modelo é o balanço perfeito entre cabo e cabeça, que proporciona segurança e conforto ao usuário.

O machado ideal para cortar madeira

Esse machado da Tramontina será seu companheiro ideal na hora de cortar madeira com segurança e de um jeito muito prático. Com cabeça arredondada, esse modelo tem um acabamento excelente e conta com sistema de encabamento com bucha, o que evita que o cabo se solte da lâmina. Sua durabilidade acima da média também faz desse machado um dos destaques do mercado.

Opção em aço carbono para cortar lenha

Se você quer um machado para cortar lenha, o AXE CAMP da renomada Coleman é uma excelente opção.A lâmina feita de aço carbono tem força suficiente para cortar troncos, mesmo sendo pequeno para ser levado no cinto. Esse modelo acompanha uma proteção para a lâmina e um case para ser armazenado em segurança.

Guia de Compra

Talvez você queira um resistente machado para cortar lenhas sem a necessidade de afiar a lâmina diversas vezes? Ou, quem sabe, que tal o modelo com lâmina pequena e cabo médio para servir como uma ferramenta de acampamento?

Agora é a seção do texto na qual você aprende mais sobre o machado e a respeito de alguns aspectos importantes que exigem atenção antes da compra. Vamos em frente.

 Mãos e braços masculinos segurando um machado apoiado em um pedaço de tronco de árvore

Para que você trabalhe com seu machado com mais segurança, é necessário conhecer os diferentes tipos.(Fonte: kaboompics / Pixabay)

O que é um machado?

Considerada uma invenção inspirada no martelo, o machado hoje em dia é uma das ferramentas mais usadas por jardineiros, lenhadores, bombeiros, entre outras profissões.

O modelo deve ser usado para realizar cortes em superfícies duras como madeiras. Embora seja usado também nas atividades leves. Por exemplo, é comum aos pescadores usarem machado para cavar terra e recolher minhocas.

O cabo do machado pode ser de metal ou madeira, assim como a extensão do próprio corpo, com lâmina afiada nas pontas superiores. Para a ferramenta ter uma funcionalidade mais efetiva se recomenda afiar a lâmina de forma constante.

Machados de pedra com cabos foram inventados em 6.000 a.C. e usados para cortar madeira ou trinchar a caça por muitos povos que não chegaram a fazer uso de metais, inclusive os índios brasileiros - Antonio Luiz M. C. Costa, filósofo brasileiro.

Quais são as partes de um machado?

Na prática o machado é composto por 8 partes diferentes. Confira cada uma delas abaixo:

  • Calcanhar: Se trata da parte mais extrema do machado presente ao final do cabo.
  • Pé: Presente na extremidade da ferramenta, à frente do calcanhar.
  • Pega: Também conhecida como empunhadura, representa a parte acima do calcanhar, com utilidade de servir na forma de base à qual é preciso colocar as mãos para usar o produto.
  • Cabo: É a estrutura completa da ferramenta sem considerar a lâmina.
  • Pescoço: Consiste no lado do cabo próximo da parte não afiada na lâmina do machado.
  • Fio da lâmina: É a ponta da lâmina que deve ser afiada para a realização dos cortes precisos.
  • Cabeça da lâmina: Este componente é a base de grande parte da lâmina que está mais grossa do que a ponta afiada.
  • Cunha: É a parte do cabo que atravessa a lâmina, situada na região mais superior da ferramenta.
Machado fincado em um pedaço de tronco de árvore

O machado deve ser afiado constantemente para melhor utilização. (Fonte: medienluemmel / Pixabay)

Como usar um machado?

Mesmo quando não está muita afiado o machado pode funcionar, só que nestes casos ele exige um pouco mais de força por parte das pessoas que usam o objeto.

Para usar o machado de 1 mão não é preciso ter tanta força. Você deve apenas posicionar o objeto na superfície dura, escolher uma das mãos para aplicar o golpe (protegendo a outra mão que não está sendo usada) e cortar.

No caso do machado maior, a técnica é diferente. Você precisa colocar as duas mãos no cabo, de preferência na parte central. Depois existe a necessidade de tomar certa distância para facilitar a impulsão ao corte.

Quando surgiu o machado?

Você já se perguntou sobre quando surgiu o machado no mundo?

De acordo com diversas fontes históricas esta ferramenta foi desenvolvida, no formato que conhecemos hoje em dia, durante o reinado de Sun Tzu (500 a.c. aproximadamente), conforme revelado no livro ‘A arte da guerra’.

Naquela época o machado era uma ferramenta utilizada no campo de batalha para atacar inimigos, atravessar escudos e realizar outras tarefas difíceis de serem feitas usando só martelo.

Machado fincado em um pedaço de tronco de árvore

O machado surgiu por volta de 500 a.C. e evoluiu muito desde sua origem. (Fonte: LUM3N / Pixabay)

Com o tempo os machados receberam melhorias para se tornarem ferramentas mais efetivas, ganhando ganchos para derrubar cavaleiros nas batalhas ou ponteiras úteis em quebrar pedras com facilidade.

Estas adaptações garantiram a sobrevivência da ferramenta no decorrer dos anos.

Para que serve um machado?

A grande parte dos machados serve para trabalhos com madeira, seja para cortar os pedaços de troncos ou com objetivo de derrubar árvores. Hoje em dia não se usa a ferramenta em combates.

Para quebrar portas ou outros obstáculos durante o salvamento é comum os bombeiros usarem um machado leve e de porte médio. As versões menores são mais usadas em acampamentos ou para compor fantasias.

Quais as vantagens do machado?

Compreender as vantagens e desvantagens dos machados é um passo fundamental. Principalmente a quem ainda tem dúvidas sobre se esta representa a melhor ferramenta conforme as próprias necessidades.

Positivamente se pode dizer que hoje em dia existem variações de tamanhos, pesos, composição do cabo e grossura da lâmina. Isto quer dizer que é fácil encontrar uma versão para cortar lenha ou realizar outras tarefas.

Na prática existem algumas produções internacionais que possuem um desempenho muito efetivo e pesam pouco. Estas versões permitem que até as pessoas sem muita força nos braços consigam cortar troncos de árvores de modo preciso.

Negativamente há a constante necessidade de afiar o instrumento de trabalho para obter o melhor desempenho. Por exemplo, a lâmina afiada pode cortar com apenas uma machadada, já as lâminas sem afiação exigem 4 ou 5 golpes ao corte.

As melhores versões com bastante desempenho e leveza podem custar 3 ou até 4 vezes mais caro do que os modelos pesados – algo negativo para quem deseja ter o melhor material gastando menos dinheiro.

Entenda melhor as vantagens e desvantagens dos machados ao analisar a tabela:

Vantagens
  • Existem variadas versões para trabalhos específicos
  • Há produções leves que facilitam o trabalho pesado
  • É possível fazer cortes fáceis em superfícies duras
Desvantagens
  • Precisa afiar de modo constante
  • As versões mais leves também custam preços superiores
  • A lâmina pode enferrujar com o tempo

Quais as diferentes medidas do machado?

Diversos tipos de cabos e lâminas estão compostos nas variações dos machados. Por este motivo é recomendável prestar atenção ao comprar, já que você pode adquirir uma ferramenta que não serve ao trabalho que deseja fazer realmente.

Fique de olho no comprimento do cabo e nas características da lâmina para saber melhor qual produto escolher: machado grande, machado médio ou machado pequeno.

Machado grande

Se você busca uma ferramenta para cortar lenhas ou troncos é mais indicado comprar o machado grande com lâmina robusta e comprimento longo. O machado grande se trata da melhor escolha para quem deseja ter mais precisão nos cortes.

Com apenas uma machadada é possível realizar um corte preciso que exige 10 golpes para ser feito usando machados menores.

Machado médio

Esta já é uma escolha que se destina para a realização de trabalhos de salvamentos em selvas ou nas regiões urbanas por parte dos bombeiros. A ferramenta está desenvolvida para ser leve, precisa e ter certo poder de corte, o que a torna flexível para muitas tarefas.

Na cunha do produto existe uma espécie de reforço para facilitar quando você precisa atravessar paredes menos espessas ou portas, com rapidez, durante um incêndio.

Interessante notar que na idade média algumas tribos bárbaras usavam o machado médio para atravessar escudos. Hoje em dia a ferramenta possui uma função semelhante já que serve para o atravessamento de paredes ou portas.

Um machado médio fincado em um pedaço de lenha

Machados de tamanho médio servem para diferentes tipos de trabalho. (Fonte: Free-Photos/ Pixabay)

Machado curto

Em contrapartida, caso o seu desejo seja usar uma ferramenta para ajudar nas atividades de acampamento, recomendamos um machado curto que possui lâmina pequena.

Os machados curtos são populares entre escoteiros pelo tamanho pequeno e pela facilidade de levar para diferentes locais. A desvantagem é que existe necessidade de realizar mais machadadas em superfícies duras por causa do baixo poder de corte no modelo.

Para entender de modo mais simples as diferenças entre os machados analise a tabela:

Machado grande Machado médio Machado curto
Atividades Cortar lenhas ou troncos Realizar salvamentos ou buscas Tarefas de acampamento
Preço De baixo para alto De médio para alto Médio
Utilização Duas mãos Uma mão ou duas mãos Uma mão
Peso De leve a até pesado De leve a até médio De leve a até pesado
Lâmina Grande Média e estreita Pequena
Poder de corte Superior Médio Baixo

Quanto custa um machado?

A marca é um dos fatores que mais impactam nos preços. Produtos internacionais são conhecidos por serem leves e superiores no poder de corte. As produções com cabo de alumínio estão mais caras.

O tamanho, assim como os materiais da composição, também são aspectos relacionados aos valores. As estruturas maiores e mais leves custam números superiores. Já versões pequenas e pesadas podem ser menos custosas.

Os preços de um machado podem ir de R$ 20 até R$ 600 na média geral. Em algumas versões o cabo é emborrachado e antiaderente, vantagens estas que fazem o produto ter mais custos.

Onde comprar um machado?

Encontre o machado pequeno ou grande nos pontos populares no varejo brasileiro. Por exemplo, para comprar a ferramenta você pode visitar locais como Leroy Merlin, Americanas ou Carrefour. Nestes casos não há muitas variações de machados médios.

Amazon é a loja online com mais versões disponíveis de machado, ela vende até produtos de mercados internacionais que chegam direto na casa dos consumidores brasileiros. Dá para comprar machados também nos sites Shoptime e Submarino.

foco

Você sabia que de acordo com o Manual de Machados do Serviços Florestal Estadunidense é recomendável usar machado com luvas e óculos de proteção? Essa medida serve para assegurar a segurança ao cortar lenhas ou troncos.

Critérios de Compra: Fatores que ajudam a comparar os modelos de machado

Se você não tomar cuidado na hora de comprar um machado pode sentir o peso no bolso, já que a compra da ferramenta errada impossibilita o desenvolvimento dos trabalhos perfeitos. Para evitar a aquisição do produto errado siga os seguintes critérios:

A definição em detalhe dos 5 critérios você acompanha a seguir:

Peso

Em geral o peso do machado vai de 500 gramas a até 7 kg. Nunca compre estruturas muito pesadas se você não possui muita força nos braços.

No mercado é comum ver machados grandes a preços promocionais. Só que antes de comprar você deve averiguar o peso para saber se pode aguentar o trabalho de diversas horas com o uso da ferramenta.

Um machado grande fincado em um pedaço de lenha

O peso do machado determina a facilidade de uso. (Fonte: JerzyGorecki / Pixabay)

Tamanho

O tamanho de um machado pode ir de 30 centímetros a até 100 centímetros em geral. Uma regra que não muda: pessoas muito pequenas não conseguem usar direito os machados muito compridos.

Se você tem baixa estatura é melhor comprar os menores machados possíveis, mas sempre sem esquecer de adquirir a versão indicada para os seus tipos de serviços.

Empunhadura

Em geral a empunhadura está composta pelo mesmo material do cabo, esta é uma regra presente nos modelos mais caros ou baratos. Porém, independente do preço dos produtos, também existem as versões que possuem uma empunhadura emborrachada.

A empunhadura de borracha é útil para gerar mais conforto nas mãos e menos chances de a ferramenta escapar enquanto está sendo utilizada.

Se dois produtos possuem o mesmo preço e as mesmas características técnicas, só que um tem empunhadura e o outro não, você pode dar preferência para a oferta que oferece a estrutura emborrachada.

Um machado médio com empunhadura de borracha fincado em um pedaço de lenha

A empunhadura de borracha é mais confortável. (Fonte: furbymama/ Pixabay)

Cor

Algumas vezes os trabalhos com machados acontecem em horários noturnos ou nos ambientes que possuem baixa iluminação. Nestes casos se você usar uma ferramenta muito escura pode ter um pouco mais de dificuldade para enxergá-la.

Dependendo das condições do local de trabalho você pode optar por machados que possuem cabos com cores vivas, como amarelo, alaranjado ou verde. Desta forma fica mais fácil enxergar a ferramenta quando há pouca iluminação no ambiente.

View this post on Instagram

#lumberjack #fiskars #axe #campfire #riverside #bush

A post shared by Bushy (@austrekka) on

Garantia

Você acaba de comprar o machado e quando vai usar percebe que a lâmina se solta do cabo! E agora? Nestes casos é necessário usar a garantia para solicitar a troca por causa dos problemas de fábrica.

Só que se você adquirir um produto que não possui pelo menos 3 meses de garantia é impossível realizar as trocas nos casos de problemas, que, acredite, podem acontecer até no uso dos machados das melhores marcas.

A garantia também é uma forma demostrar que a produção vendida não se trata de produto roubado ou falso.

(Fonte da imagem destacada: herbert2512/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Samuel Chagas Profissional em Consertos
A vivência de Samuel com consertos em casas e estabelecimentos comerciais vem de décadas, desde quando ajudava seu pai, pedreiro, há mais de 30 anos. Seu gosto pelo assunto fez dele um profissional em consertos, e é assim que Samuel ganha a vida há 15 anos. Na internet, ele compartilha seu conhecimento sobre ferramentas e itens de segurança para casas e prédios.