Na foto um menino embaixo das cobertas lendo um livro com uma lanterna na mão.
Ultima atualização: 6 de abril de 2021

Como escolhemos

15Produtos analisados

15Horas investidas

7Estudos avaliados

70Comentários coletados

Quem gosta de realizar trilhas e acampar sabe que é preciso sempre levar consigo os acessórios corretos para evitar qualquer problema. Dentre eles, está a lanterna, produto sobre o qual vamos falar hoje por aqui.

A lanterna é um item de grande valia para momentos no qual não há energia elétrica e permite que se enxergue o que está ao redor sem dificuldades. Justamente por isso ela é encontrada em diversas versões e a seguir te explicamos tudo sobre essa ferramenta.




Primeiro, o mais importante

  • Existem muitos modelos de lanterna e cada um deles se adapta a um tipo de necessidade.
  • A intensidade de iluminação desse produto é determina em lúmens e quanto maior for esse número, mais potente é a luz emanada por ele.
  • As lanternas podem funcionar a partir de pilhas ou serem recarregáveis via dínamo, energia solar ou energia elétrica.

Melhores lanternas: as escolhas da redação

Seja para uso doméstico ou durante atividades táticas e ao ar livre, a lanterna é muito útil nas mais variadas situações. Porém, é preciso ter um modelo de qualidade em mãos e abaixo te mostramos quais são os melhores.

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre as lanternas

A lanterna é um produto fundamental para quem pratica atividades ao ar livre e adora acampar. Se esse é o seu caso, leia o guia de compra a seguir para entender tudo sobre essa ferramenta.\

Na foto um homem apontando uma lanterna para cima.

A lanterna é uma ferramenta ideal para trilhas e outras atividades ao ar livre. (Fonte: Andreas Dress/ Unsplash)

Em quais situações vale a pena ter uma lanterna?

Muitas pessoas não acham que a lanterna é um produto necessário, porém existem muitas situações em que ela é bastante útil.

Quem pratica atividades ao ar livre, como trilhas e acampamentos, sempre deve ter uma dessas por perto para evitar ficar no escuro caso anoiteça.

No carro também é interessante ter essa ferramenta, pois ela pode auxiliar se o veículo quebrar, principalmente à noite.

Já em casa a lanterna pode fazer a diferença quando falta luz e não existem velas ou luzes noturnas por perto.

Quais são os tipos de lanterna que existem?

Com certeza você já se deparou com alguma lanterna em sua vida, mas o que provavelmente não sabe é que existem diversos modelos desse produto.

Por ser um item muito usado, esse aparelho passou a ser produzido em diferentes versões. Graças a isso, é possível encontrar opções que se adequam a muitas formas de uso.

Com isso, os principais tipos de lanterna são:

  • Lanterna de mão tradicional: Esse modelo é o mais conhecido de todos e, por mais que seja muito simples, apresenta alta eficiência. Ele está disponível em diversos tamanhos, pode ter alças ou não e é possível guardá-lo dentro de casa, no carro ou em qualquer outro lugar.
  • Lanterna tática: Confeccionada com alta potência e alcance, essa opção é bastante utilizada por policiais e seguranças, pois apresenta uma performance superior.
  • Lanterna de cabeça: As lanternas de cabeça são indicadas para quem pratica atividades ao ar livre, tal como, escaladores e montanhistas. Elas são colocadas na cabeça do atleta e servem para iluminar o que está na sua frente.
  • Lanterna lampião: Esse tipo de lanterna possui um design que lembra realmente um lampião e conta com uma estrutura metálica ao redor da superfície de vidro. Por conta disso, é bastante usado em acampamentos.
  • Lanterna de mergulho: Como o próprio nome diz, esse modelo é produzido para uso embaixo d'água e serve para que o mergulhador possa ver o que acontece durante o seu mergulho.

Como saber qual é a potência de uma lanterna?

Cada lanterna apresenta um potencial de iluminação. Por isso, é muito comum se deparar com modelos que conseguem clarear mais os ambientes do que outros.

Essa potência é determinada a partir de uma unidade de energia chamada lúmen, que varia de acordo com a composição dessa ferramenta. Dessa maneira, quanto maior for a quantidade de lúmens de uma lanterna, mais alto será o seu potencial de iluminação.

De um modo geral, existem opções a partir de 200 lúmens, que conseguem iluminar a uma distância de até 100 metros. Porém, algumas versões chegam a ter até 12.000 lúmens, sendo essas as de modelos táticos.

Na foto um homem sentado na beira do mar com uma lanterna acesa.

Existem lanternas que possuem altos potenciais de iluminação. (Fonte: Eric Fleming/ Unsplash)

Qual o melhor tipo de lâmpada para a lanterna?

A lanterna pode ser produzida com três tipos de lâmpada: incandescente, de halogênio ou LED .

Por mais que as lâmpadas incandescentes estejam cada dia mais caindo em desuso, ainda existem modelos dessa ferramenta feitos com elas. Mas qual é a mais indicada?

As três opções têm seus pontos positivos e negativos. No entanto, o que mais as diferencia é a sua potência e o gasto de energia.

As lâmpadas incandescentes apresentam um gasto de bateria superior ao da LED e a de halogênio e não possuem uma potência tão alta. Assim, seu potencial de iluminação é inferior e sua bateria precisa ser recarregada com maior frequência.

Os modelos com lâmpada de halogênio podem ser considerados intermediários e trabalham com cerca de 1.000 lúmens, o que equivale a 50 watts. Esses não gastam tanta energia e nem são os mais potentes.

Por outro lado, as lanternas com lâmpada LED são as que mais de destacam. Elas apresentam um baixíssimo gasto de bateria e contam com um potencial de iluminação mais alto. Graças a isso, são consideradas melhores.

Lâmpada incandescente Lâmpada de halogênio Lâmpada LED
Gasto de energia Alto Mediano Baixo
Potencial de iluminação Baixo Mediano Alto
Valor Baixo Baixo De médio a alto

Critérios de compra: como escolher a melhor lanterna

Agora que você já está por dentro de todo o universo das lanternas chegou o momento de te ajudarmos a escolher a ideal. Para isso, confira os critérios listados a seguir.

Tamanho

No momento de escolher uma lanterna um dos pontos mais importantes a serem analisados é o seu tamanho.

Atualmente existem modelos com as mais diversas dimensões e, enquanto uns são pequenos e muito compactos, outros ocupam mais espaço e não são tão bons para serem levados em bolsos e mochilas.

Com isso, é necessário avaliar qual é a opção que mais de adapta a sua necessidade. Se a ideia é deixar a lanterna em casa ou no carro, ela pode ser um pouco maior que não haverá problema.

Todavia, se você quer comprar essa ferramenta para tê-la sempre consigo, então as menores são ideais.

Na foto uma lanterna acesa.

A lanterna ideal tem o tamanho mais adequado de acordo com a necessidade. (Fonte: Steve Johnson/ Pexels)

Alimentação

As lanternas podem funcionar a partir de dois métodos de alimentação: pilha ou bateria recarregável. Se atentar a isso na hora da compra é uma das melhores maneiras de não se arrepender depois.

Os modelos com alimentação a pilha são muito práticos e costumam apresentar boa autonomia, não sendo necessário fazer a troca das baterias com uma alta frequência.

Outro ponto positivo é que existe a possibilidade de utilizar pilhas recarregáveis neles, assim o gasto com esse item será menor.

Porém, caso as pilhas acabem durante a utilização desse produto e não se tenha outras de reserva não será mais possível usá-lo.

Agora falando das versões recarregáveis, saiba que existem algumas opções de carregamento, são elas:

  • Dínamo: Não requer nenhum tipo de energia elétrica para ser carregada e sua recarga é realizada girando uma manivela.
  • Luz solar: Utiliza energia solar para carregar a sua bateria.
  • USB / Energia elétrica: Precisa ser conectada a alguma fonte de energia elétrica para que volte a funcionar.

Intensidade de luz

Algumas lanternas funcionam com diferentes intensidades de luz e esse recurso pode ser muito interessante em diversas situações, sendo que normalmente elas oferecem a opção de luz baixa, média ou alta.

Algumas lanternas podem funcionar com luz baixa, média ou alta.

Com isso, consegue-se ajustar a intensidade de iluminação de acordo com a necessidade.

Assim, é possível poupar a bateria ou energia, já que quanto mais forte for a luz, mais energia será consumida.

Resistência

Se a ideia é utilizar a lanterna ao ar livre é fundamental que ela apresente uma alta resistência às variações climáticas.

Para essa forma de uso indicam-se os modelos que são à prova d'água ou resistentes a água. Além disso, os que contam com uma estrutura mais robusta e reforçada também são uma boa escolha.

Resumo

Para conseguir fazer um bom uso da lanterna é necessário saber qual adquirir. Por isso, nesse artigo explicamos todos os pontos mais importantes a respeito dessa ferramenta.

Seguindo todas as nossas dicas a aquisição será certeira. Se você gostou desse artigo não deixe de compartilhá-lo com seus amigos. Obrigada e volte sempre!

(Fonte da imagem destacada: BrickRedBard/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas