Na foto uma cozinha minimalista com ilha e móveis em branco em madeira natural.
Ultima atualização: 17 de maio de 2021

O minimalismo é uma tendência que surgiu nos anos 80 inspirada na cultura japonesa. Desde então ele passou a ser aplicado em diversas áreas e chegou até mesmo na decoração, no qual é utilizado em inúmeros cômodos, inclusive na cozinha. Por isso, hoje vamos falar sobre a cozinha minimalista.

A cozinha é um espaço indispensável em qualquer casa ou apartamento. Para deixá-la bonita é comum que sejam seguidos variados tipos de decoração e a minimalista é uma das que mais combina com esse ambiente. Portanto, para saber mais sobre isso basta ler até o final!




O mais importante

  • A cozinha minimalista preza pelo "menos é mais" e nela deve ter somente os móveis, eletrodomésticos e utensílios que são realmente úteis no dia a dia.
  • Os tons mais usados nas decorações desse tipo de cozinha são os neutros e claros, que evidenciam a iluminação natural.
  • Os organizadores são de grande ajuda para manter a cozinha minimalista organizada e bonita.

Guia de compra: O que você precisa saber sobre cozinha minimalista

A cozinha minimalista segue o tradicional estilo "menos é mais" e preza por móveis funcionais e práticos. Porém, para criar uma dessas é preciso conhecer a fundo esse tipo de decoração e abaixo te explicamos com detalhes tudo sobre ele.

Na foto uma mulher cozinhando dentro de uma cozinha branca.

A aparência da cozinha minimalista é muito clean e básica. (Fonte: Jason Briscoe/ Unsplash)

O que é uma cozinha minimalista?

O minimalismo é uma tendência que está se tornando cada vez mais comum e que preza pelo uso de móveis e utensílios funcionais, práticos e sem exageros.

Justamente por isso, ele combina muito com cozinhas pequenas, no qual se tem pouco espaço e é preciso aproveitá-lo de maneira consciente e inteligente.

Dessa forma, uma cozinha minimalista consiste em um ambiente clean, aconchegante, acolhedor, moderno e bastante prático, no qual tudo funciona perfeitamente no dia a dia.

Além disso, outra característica muito marcante desse tipo de decoração é a organização. Por isso, é comum que nela sejam utilizados diversos objetos e recursos que tenham essa finalidade.

O que ter na cozinha minimalista?

Para criar uma cozinha minimalista é necessário pensar nela como um todo, desde as cores a serem utilizadas até os itens que são fundamentais nesse espaço.

Deste modo, nesse ambiente é interessante priorizar os tons claros e neutros, que fazem parte da tendência minimalista. Com isso, pode-se usar móveis e utensílios em tons de branco, bege, cinza e até mesmo preto.

A iluminação, principalmente a natural, também é fundamental em uma cozinha minimalista. Se houverem janelas vale a pena aproveitá-las para iluminar esse cômodo, mas caso isso não seja possível pode-se apostar no uso de luminárias, spots e fitas de LED.

Outra característica interessante da cozinha minimalista é a ausência de objetos decorativos.

Logo, tradicionalmente não são usados elementos que sirvam apenas como decoração nessa tendência. Porém, isso não é proibido e caso queira pode-se utilizar uma peça ou outra, mas lembre-se: sem exageros!

Como escolher os móveis e eletrodomésticos ideais para a cozinha minimalista?

A escolha dos móveis e eletrodomésticos é uma das partes mais importantes para criar uma cozinha minimalista funcional e bonita.

Para aproveitar os espaços e montar um ambiente pensado de acordo com as suas necessidades, a melhor escolha são os móveis planejados.

Isso porque eles são criados exatamente para caber no espaço que se tem disponível e conseguem aproveitar totalmente a área útil da cozinha. Por conta disso, se torna mais fácil manter a organização.

Com relação as cores, como na cozinha minimalista os tons neutros e claros predominam, é interessante usá-los nos móveis também.

Já falando sobre os eletrodomésticos, o ideal é ter somente os que são usados no dia a dia. Por isso, antes de fazer a compra é preciso pensar quais são os produtos realmente úteis conforme o seu estilo de vida.

Por exemplo, normalmente eletrodomésticos que não podem faltar em uma cozinha são geladeira, fogão e forno a gás ou elétrico. Porém, nem todos fazem uso de micro-ondas, airfryer, torradeira e lava-louças. Portanto, cada caso é um caso.

Então, ao escolher os eletrodomésticos para a sua cozinha minimalista avalie o que será mais usado no seu dia a dia.

Na foto uma cozinha com móveis brancos e detalhes em madeira e uma mesa de jantar pequena.

Na cozinha minimalista os espaços são bem aproveitados e somente se tem o que é realmente útil no dia a dia. (Fonte: Rune Enstad/ Unsplash)

Formas de organizar uma cozinha minimalista

Uma das premissas da cozinha minimalista é a organização. Portanto, é fundamental buscar formas de manter tudo organizado nesse espaço.

Para isso, o primeiro passo consiste em eliminar o que está em exagero. É muito comum que ao longo da vida potes de plástico e utensílios de cozinha sejam acumulados e acabem ocupando um espaço maior do que deveriam.

Logo, comece fazendo uma limpa e deixe somente o que você realmente usa para cozinhar ou se alimentar.

Encontrar um lugar certo para guardar a maioria dos itens de cozinha é mais uma forma de seguir o estilo minimalista. Com isso, deve-se organizar o interior dos armários e gavetas para que tudo tenha onde ser guardado.

Inclusive, ferramentas interessantes para manter a organização da cozinha minimalista são os organizadores e existem modelos de organizadores de gaveta, porta-utensílios e muito mais.

E, para te ajudar a organizar a sua cozinha, abaixo fizemos uma seleção com os melhores organizadores, confira:

Resumo

A cozinha minimalista segue a tendência do consumo consciente e tem um visual clean, aconchegante e muito organizado.

Nesse artigo reunimos as informações mais importantes para quem quer aderir a esse estilo de decoração e mostramos todas as formas de montar uma cozinha minimalista bonita e funcional.

Agradecemos pela visita, até a próxima!

(Fonte da imagem destacada: R ARCHITECTURE/ Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas