Na foto um homem rebocando a parede de uma casa.
Ultima atualização: 26 de maio de 2021

Seja bem-vindo! Na hora da construção ou da reforma existem muitas etapas a serem realizadas para que tudo fique o mais correto possível. No caso das paredes, depois de construí-las é fundamental rebocá-las e hoje vamos te ensinar a como rebocar parede.

O processo de rebocar uma parede pode parecer simples, mas se não for executado da maneira certa não irá gerar um resultado tão satisfatório. Portanto, é fundamental entender a fundo sobre essa parte da construção civil e se é isso que você está procurando, confira a seguir as nossas dicas.




O mais importante

  • O reboco é uma etapa indispensável a ser realizada após a construção de um muro ou parede, pois irá prepará-la para receber pinturas e revestimentos.
  • A espessura do reboco varia de acordo com o local da parede. Em paredes internas ela deve ter 1,5 centímetros e nas externas 2,0 centímetros.
  • A proporção para a mistura da argamassa também se altera caso a parede seja interna ou externa.

Como rebocar parede: nossa recomendação dos melhores produtos

Se você está no processo de construir ou reformar e precisa rebocar a sua parede, mas não sabe como fazer isso, não se preocupe. A seguir vamos te ensinar um passo a passo para fazer um excelente reboco.

Na foto um homem em cima de um muro colocando cimento nele.

O reboco funciona como o processo de finalização das paredes e muros. (Fonte: Oladipo Adejumo/ Unsplash)

O que usar para rebocar parede?

O reboco é uma etapa muito importante na construção de uma parede e funciona como um processo de finalização. Dessa forma, ele é o responsável por preparar essa estrutura para receber tintas, revestimentos, papéis de parede e afins.

No entanto, para rebocar corretamente uma parede é fundamental reunir todos os produtos que são ideais para a realização desse trabalho.

Com isso, os principais itens que você vai precisar são:

  • Luvas de borracha
  • Pá de bico com cabo
  • Areia
  • Cal
  • Cimento
  • Aditivo
  • Água
  • Régua de alumínio
  • Desempenadeira
  • Escada

Vale saber que a quantidade de areia, cal, cimento e aditivo varia de acordo com o tamanho da parede a ser rebocada. Logo, deve-se fazer um cálculo para saber o quanto você deve adquirir desses materiais.

Normalmente o reboco é calculado por m³ e toda parede deve receber cerca de 1,5 centímetros de massa. Com isso, no caso de uma parede de 30 metros de largura e 2,80 metros de altura a conta seria a seguinte:

Quantidade de reboco: 30 x 2,80 x 0,015 = 1,26 m³

Como preparar a massa para rebocar parede

Na hora de preparar a massa para fazer o reboco da parede deve-se escolher materiais de qualidade e realizar uma dosagem correta. Caso contrário, podem ocorrer rachaduras, infiltrações e imperfeições.

Para a preparação do chapisco, que é a primeira camada a ser aplicada na parede, devem ser usados cimento, areia grossa e água na proporção de 1:3. Ou seja, 3 baldes de areia para 1 de cimento.

Depois do chapisco vem a etapa do emboço, que serve para preparar a parede para receber a última camada do reboco.

Os materiais usados para fazer o emboço são cimento, cal hidratada e areia média na proporção de 1:2:6 para áreas externas e 1:2:8 para o revestimento interno.

A última etapa é o reboco propriamente dito e nesse caso o que será usado é a argamassa. Para fazê-lo recomenda-se usar a proporção de 1:2:6 de cimento, cal, areia fina e água.

Na foto a mão de uma pessoa segurando uma desempenadeira sobre uma parede.

A composição da massa usada para rebocar paredes internas é diferente das externas. (Fonte: Ksenia Chernaya/ Pexels)

Passo a passo de como rebocar parede

Agora que você já sabe os materiais ideais para fazer o reboco da parede e quais são as etapas desse processo, chegou o momento de te mostrarmos um passo a passo de como rebocar parede.

Reboco de parede interna

O reboco usado em paredes internas deve ter uma espessura de 1,5 centímetros. Nesse caso o ideal é seguir a medida de 3 baldes de areia + 2 baldes de cal + 1 balde de cimento e aditivo para criar a massa. Dessa forma, os passos são os seguintes:

  1. Separe um espaço no canteiro de obra para colocação dos materiais e para a preparação da mistura.
  2. Com uma pá de bico com cabo misture a areia, o cal, o cimento e o aditivo na proporção correta para a sua parede. 
  3. Mexa a massa até chegar a uma mistura que tenha a consistência de uma farofa.
  4. Feito isso vá aos poucos adicionando água até formar uma massa homogênea. 
  5. Aplique a argamassa na parede usando uma colher e uma desempenadeira de pedreiro.
  6. Em seguida aguarde até a argamassa “puxar”, ou seja, perder água, para que seja possível sarrafear a massa. Esse tempo costuma variar de 45 a 60 minutos.
  7. Feito isso deve-se iniciar o processo de sarrafeamento, que tem a função de deixar a parede homogênea. Nessa etapa usa-se uma régua de alumínio fazendo movimentos de cima para baixo.
  8. Por fim, deve-se realizar o desempeno, que serve para tirar o excesso de massa que a régua não retirou. Nesse caso os movimentos são circulares e devem ser feitos até que o reboco fique liso, regular e homogêneo.

Reboco de parede externa

Os passos a serem executados para fazer o reboco de paredes externas são os mesmos da parede interna e o que muda é a espessura do reboco, que nesse caso deve ter 2 centímetros, e a proporção dos materiais para fazer a argamassa.

Com isso, para preparar a massa do reboco deve-se seguir a medida de 2 baldes de areia + 2 baldes de cal + 1 balde de cimento e aditivo.

Resumo

Toda parede deve ser rebocada para que apresente uma superfície adequada para receber pinturas e revestimentos.

Por isso, te ensinamos tudo a respeito de como rebocar parede, desde os produtos usados, até a composição da massa e o passo a passo para isso.

Agradecemos pela visita e até a próxima!

(Fonte da imagem destacada: Anton Havelaar/ 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas